DARPA: NOVA IMAGEM DO DRONE LONG SHOT SENDO DESENVOLVIDO PELA GA-ASI (COM VÍDEO)

Fernando Valduga 

A General Atomics Aeronautical Systems (GA-ASI), uma das três empresas encarregadas de desenvolver veículos aéreos não tripulados lançados em voo (UAV) para a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos Estados Unidos (DARPA), compartilhou a primeira imagem de sua proposta para o programa UAV LongShot.

A imagem renderizada foi compartilhada pela empresa como parte de um artigo mais amplo no qual expôs sua visão para o futuro dos pequenos UAVs.

A GA-ASI está desenvolvendo seu protótipo LongShot sob um contrato da DARPA. O programa visa desenvolver um sistema que será lançado a partir de UAS maiores ou aeronaves com tripulação humana e atacará o espaço aéreo hostil armado com seus próprios mísseis ar-ar, capazes de disparar contra alvos inimigos se assim for comandado.

Conforme apontado pela empresa, o pequeno UAV poderia iniciar uma varredura de caça à frente de uma onda de ataque sem colocar uma tripulação humana em perigo, ou poderia se juntar a um ataque ao lado da vanguarda com aviões de guerra tripulados por humanos.

Além do GA-ASI, a Lockheed Martin e a Northrop Grumman também estão desenvolvendo protótipos no programa.

O trabalho de projeto preliminar da fase I será o primeiro passo no caminho para desenvolver um novo UAV que pode estender significativamente os intervalos de engajamento, aumentar a eficácia da missão e reduzir o risco para aeronaves tripuladas.

Em fases posteriores do programa, o programa LongShot construirá e voará um sistema de demonstração lançado do ar em grande escala, capaz de voo controlado, antes, durante e depois da ejeção da arma em condições operacionais.

O LongShot também pode dar às aeronaves tradicionais, como os bombardeiros, uma nova capacidade antiaérea potente. Imagine se um bombardeiro amigo estivesse em rota durante uma missão de combate e redes de batalha aliadas detectassem a aproximação de caças hostis. O LongShot deixaria a tripulação do bombardeiro atacar a ameaça sem a necessidade de sua própria escolta ou a reconstituição de caças aliados, preservando sua capacidade de servir seus alvos conforme planejado.

Enquanto o LongShot ainda está em sua fase de projeto preliminar, deve-se notar que a GA-ASI já demonstrou um drone lançado no ar capaz de ser lançado a partir de um “drone-mãe”. Em setembro de 2020, a empresa disse que completou voos de teste com o UAV Sparrowhawk, que era transportado por um MQ-9 Reaper operado pela empresa.

Comparado ao LongShot, que terá um papel ofensivo, o GA-ASI prevê o Sparrowhawk vigiando uma área e voltando para o encontro com a aeronave que o lançou.

Fernando Valduga

Fotógrafo de aviação e piloto desde 1992, participou de diversos eventos e operações aéreas, como a Cruzex, AirVenture,Dayton Airshow e FIDAE. Possui trabalhos divulgados em revista especializadas de aviação no Brasil e no exterior. Utiliza equipamentos Canon durante seus trabalhos fotográficos pelo mundo da aviação.

Fonte: GA-ASI revela renderização do drone lançado em voo LongShot que está desenvolvendo para DARPA – Cavok Brasil – Notícias de Aviação em Primeira Mão

  Bons Negócios  !!
Compartilhar:

Be the first to comment

Leave a Reply