MELHORES DO DIA 05/03: PAULISTAS ESTÃO MORRENDO DE FOME! COM “LIVE” DO MITO!

OVERVIEW. A Pesquisa Industrial Mensal (PIM) de janeiro é o indicador local do dia, enquanto no exterior as atenções estarão no relatório de empregos (payroll) dos Estados Unidos e em falas da secretária do Tesouro, Janet Yellen, e de dirigentes do Federal Reserve. A votação do pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão pelo Senado dos EUA é esperada até o término da sessão de hoje.

NO EXTERIOR. As bolsas europeias e os índices futuros de Nova York operam em baixa e o dólar sobe, reagindo à alta persistente dos do rendimento dos Treasuries de longo prazo, após o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, destacar ontem a volatilidade no mercado de renda fixa, mas não reagir contra a inclinação da curva de rendimentos. A avaliação é de que novos avanços de taxas no mercado de títulos podem seguir ocorrendo, uma vez que pode haver piora nas condições de financiamento. Como resultado, o anúncio de que a China espera crescer mais de 6% neste ano fica em segundo plano bem como as altas de mais de 2% do petróleo ainda ecoando decisão da Opep de manter os cortes na produção. Há um compasso de espera ainda pela decisão do Senado dos Estados Unidos, que iniciou nesta quinta-feira o processo legislativo para votar o Plano de Resgate Americano. A expectativa é que a Casa decida sobre o pacote ainda hoje, mas os republicanos tentam atrasar a votação.

POR AQUI. A bolsa deve olhar o exterior ruim em meio aos ajustes das ações de empresas que divulgaram balanços ontem à noite, como B2W e Lojas Americanas (leia mais em O Que Sabemos). Os papéis da Petrobras podem se beneficiar da alta firme do petróleo, mas eventual ganho poderá ser limitado por cautela com estudos pelo Ministério de Minas e Energia sobre dois sistemas para tentar estabilizar o preço dos combustíveis, ainda que o presidente Jair Bolsonaro negue interferência na estatal e tenha afirmado ontem que “mafiosozinhos” lucraram com especulações. Dólar e juros futuros podem subir de olho no rendimento dos títulos americanos, após terem caído ontem com o alívio trazido pela aprovação da PEC Emergencial, em dois turnos com margem folgada, no Senado. O custo do auxílio ficou em R$ 44 bilhões, fora do teto, mas foram mantidos os gatilhos para o teto de gastos e o Bolsa Família dentro da regra. O Broadcast apurou que a aprovação da PEC afastou uma crise de confiança na equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, mas as principais medidas de controle das despesas que ficaram no texto viraram muito mais uma promessa de ajuste fiscal para o futuro. O texto-base da PEC segue agora para a Câmara e o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL) disse querer votar a PEC até quarta-feira (10).

NA POLÍTICA. Algumas horas após dizer que “chega de frescura e de mi-mi-mi” com a pandemia de covid-19, que já causou a morte de mais de 260 mil brasileiros, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, em transmissão ao vivo nas redes sociais, que lamenta “qualquer morte”. Ato contínuo, emendou uma ressalva: “Agora, parece que só morre gente de covid no Brasil.” Bolsonaro informou também que deve viajar para Buenos Aires, capital da Argentina, em 26 de março, para a celebração aos 30 anos do Mercosul, bloco formado pelo Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai. Bolsonaro disse que na viagem deve ter a primeira conversa com o presidente argentino, Alberto Fernández.

1-  A volatilidade do mercado de ações brasileiro foi a segunda maior entre 12 países emergentes desde 1951. A comparação foi divulgada hoje pelo Anuário Global de Investimentos do Credit Suisse, e considerando o desvio-padrão e retornos anualizados, a volatilidade no Brasil foi de 54%. Apenas a Rússia viu maiores variações (67%). “A excepcionalmente alta volatilidade de Brasil e Rússia reflete os períodos de hiperinflação vistos nos países”, aponta o paper lançado de forma preliminar em conjunto com a London Business School. Os outros países analisados foram Tailândia, Taiwan, Malásia, Hong Kong, México, Coreia do Sul, China, Cingapura, Indonésia e África do Sul. No histórico do prêmio de risco em relação aos títulos públicos de cada país, a taxa vista no Brasil ficou em 8,7%. Dentre os outros países, a prêmio brasileiro foi o terceiro maior, atrás de Hong Kong (9,9%) e Taiwan (9%).

2-  O ministro da Economia, Paulo Guedes, agradeceu nesta quinta-feira ao Congresso e a Jair Bolsonaro pelo processo de aprovação da PEC Emergencial em dois turnos no Senado, afirmando, em vídeo divulgado por sua assessoria, que “na hora decisiva” sempre tem o apoio do presidente. “Agradeço ao presidente Bolsonaro, que na hora decisiva, no momento decisivo, ele sempre nos apoia”, afirmou Guedes, ao lado do senador Marcio Bittar (MDB-AC), relator da PEC Emergencial, que abre caminho para a concessão de nova rodada de auxílio emergencial aos mais vulneráveis. “Nós temos um compromisso com a saúde e um compromisso, também, com a economia. O presidente (Bolsonaro) sempre diz que economia e saúde andam juntas, e temos que respeitar isso”, afirmou Guedes. O ministro também parabenizou iniciativa do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), de ter reafirmado compromisso com a manutenção do teto de gastos no processo de apreciação da PEC.

3-  🏦 O juiz Jeronimo Azambuja Franco Neto, da 60ª Vara do Trabalho, mandou o Banco do Brasil suspender o fechamento de agências e transferências de funcionários para outros postos de trabalho. No começo do ano, o BB anunciou que colocaria em prática um plano para demitir 5.000 funcionários e fechar 112 agências, 242 postos de atendimento e sete escritórios. http://bit.ly/3kTkVUE

4-  ✈️ O recrudescimento das regras de funcionamento de diversas atividades econômicas para conter a disseminação do coronavírus lançou mais um sinal de alerta para o setor de turismo. Em entrevista, Aldo Leone Filho, presidente da Agaxtur, afirma que o setor foi o mais afetado pela pandemia e que o desafio agora é olhar para frente. Confira: http://bit.ly/30bpQXd

5-  🙅‍♂‍ Como fica a utilização das áreas comuns dos condomínios a volta de todas as regiões do Estado de São Paulo para a fase vermelha do plano de combate ao coronavírus? Especialistas recomendam que os síndicos não fechem todas as áreas comuns, apenas a churrasqueira e salão de festas. http://bit.ly/3e9BjPn

6-   👩‍💻 O C6 Bank acaba de lançar seu primeiro programa de mentoria voltado para mulheres, cis e trans que trabalham na área de tecnologia e estão no início de suas vidas profissionais. O projeto foi concebido em parceria com a comunidade Test Girls, uma iniciativa sem fins lucrativos criada em 2017 por duas profissionais da área de tecnologia que queriam capacitar mulheres para trabalhar com testes de software. http://bit.ly/2OlwKqk

7-  O secretário da Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse ser contra o lockdown no Brasil por considerar que a medida combinada com a falta do auxílio-emergencial vai levar parte da população “a morrer de fome”. “Sou contra lockdown como é feito em outros países, enquanto nós não tivermos esse auxílio (emergencial) para as pessoas que dependem disso. Temos que fazer restrições mais robustas e enérgicas, mas o lockdown no nosso país, não temos condições de fazer. As pessoas vão morrer de fome. Vamos ter um problema civil”, disse Gorinchteyn em entrevista à rádio CBN

8-  O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que tem conversado com a ministra da AgriculturaTereza Cristina, em busca de soluções para o que chamou de “problema” do aumento da inflação na cesta básica. “Estamos tendo problema de aumento da inflação nos produtos da cesta básica, sei disso, tenho conversado com a ministra Tereza Cristina para ver o que a gente pode fazer”, disse Bolsonaro em sua live semanal nas redes sociais.

9-  A pandemia do novo coronavírus está causando um aumento sem precedentes nos níveis de pobreza na América Latina, a região mais desigual do mundo e mais afetada pela crise sanitária, com 22 milhões de novos pobres em 2020, revelou a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal).

10-  O Senado aprovou nesta quinta-feira (4), em segunda votação, o texto-base da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) Emergencial, que prevê o retorno do auxílio emergencial. O texto recebeu o aval de 62 senadores e 14 votos contrários.

11-  O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) incluiu os trabalhadores da área de Educação na lista de serviços essenciais e no grupo prioritário para receber a vacina contra a covid-19. A informação foi confirmada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, em post compartilhado nas redes sociais.

12-  O preço médio da gasolina nos postos de combustíveis do Brasil terminou o mês de fevereiro no maior patamar em mais de um ano, rompendo a barreira dos R$ 5 por litro, enquanto o valor do diesel bateu a marca de R$ 4, disse a empresa de meios de pagamento eletrônico ValeCard.

13-  O presidente Jair Bolsonaro disse na noite desta quinta-feira que vai visitar Buenos Aires no próximo dia 26, por ocasião das comemorações dos 30 anos de criação do Mercosul, e que aproveitará a oportunidade para ter a primeira conversa pessoal com o presidente argentino, Alberto Fernández. “Será a primeira vez que vamos conversar com o presidente da Argentina. Logicamente, ele queira (sic) e eu quero, uma conversa reservada em um canto e publicamente vamos tratar das questões econômicas dos nossos países”, disse em sua live semanal nas redes sociais.

14-  A Adefa, associação das fabricantes de automóveis da Argentina, divulgou seu balanço mensal referente a fevereiro na quarta-feira, 3, segundo o qual as montadoras instaladas no país produziram 21.809 unidades no mês, o que representa queda de 10,3% em relação a janeiro e de 16,5% na comparação com o mesmo mês de 2020, quando foram fabricados 26.133 veículos. A entidade lembra, contudo, que é preciso levar em conta o fato de o mês ter contado com apenas 12 dias úteis de produção (seis a menos que no ano passado). Além disso, quatro fabricantes interromperam suas atividades no mês, por conta de férias e de adequação das linhas de produção. Assim, no acumulado do ano o setor soma 46.117 veículos produzidos no primeiro bimestre, o que equivale a uma retração mínima de 1,5% ante 46.816 unidades que deixaram as fábricas no mesmo período de 2020.

15-  Dando continuidade ao movimento iniciado no ano passado, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) permitiu que o pequeno investidor possa aplicar recursos em fundos de índices de outros países, como os de bolsas dos Estados Unidos, China, Japão ou Europa, aqui no Brasil.
Essa ponte é feita através dos BDRs (Brazilian Depositary Receipts, na sigla em inglês), que são certificados que representam papéis negociados em outros países, e que se valorizam ou desvalorizam de acordo com a movimentação em seus mercados de origem. Em outubro do ano passado, as pessoas físicas com menos de R$ 1 milhão aplicados começaram a ter acesso a esses papéis que replicam ações de empresas gringas, e no início deste mês essa liberação foi ampliada também para BDRs dos chamados fundos de índice, os ETFs. Será que vale a pena? Leia sobre as vantagens e desvantagens dessa diversificação na reportagem do 6 Minutos. https://bit.ly/2OsDAKU

16-  A bateria de novas restrições à circulação de pessoas que vêm sendo anunciadas pelos principais Estados do país para conter o pior momento da pandemia reforça as apostas de economistas de que a retomada do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil acontecerá somente a partir do segundo semestre. O impacto será sentido principalmente pelo setor serviços, que teve a maior queda em 2020 (retração de 4,5%) e que representa mais de 70% da economia brasileira. O economista Rodolpho Tobler, da FGV-Ibre, lembra que o setor de serviços foi o único que ainda não se recuperado e voltou aos patamares pré-pandemia. “Em outras crises, os serviços foram menos afetados. Mas essa é uma crise particular, porque não é apenas econômica, é também sanitária”, aponta. “Em especial os serviços às famílias, como bares, restaurantes, hotéis, cabeleireiros, academias, estão muito abaixo do nível antes do coronavírus se espalhar”. http://bit.ly/3rrjrn7

17-  Afinal, como fica a situação fiscal de quem aderiu ao BEm? O programa funcionava assim: se um brasileiro teve redução de 25% da jornada de trabalho, o empregador pagou 75% do salário, referente às horas trabalhadas, e o governo desembolsou 25% da parcela do seguro-desemprego. A Receita Federal afirma que o programa não tem isenção tributária por falta de previsão legal.
Além da parcela do BEm, o valor pago pelo empregador é tributado normalmente. “O funcionário vai receber o informe contemplando apenas o salário recebido pelas horas trabalhadas, dados que devem ser incluídos na declaração como renda tributável”, afirma Richard Domingos, diretor-executivo da Confirp Consultoria Contábil. https://bit.ly/3ql4e5o

18-  Produção industrial de janeiro pode apontar hoje (9h) expansão de 0,40% na margem (mediana), mas não fará muita diferença para as apostas em aumento da Selic, consolidadas no mercado diante da alta dos preços e forte depreciação do câmbio. Do mesmo modo, o payroll nos EUA (10h30) perde impacto após Powell dizer que a criação de vagas ainda é “insuficiente” e levará muito tempo até o pleno emprego. Ao ignorar a volatilidade dos Treasuries, que alertam para os riscos inflacionários, o presidente do Fed puxou os juros e o dólar, e derrubou as bolsas em Wall Street.

19-  Um grupo de caminhoneiros realizava um protesto na Marginal Tietê, no sentido da Rodovia Ayrton Senna, na altura do Cebolão, na manhã desta sexta-feira (5), em São Paulo. As pistas expressa, central e local estavam totalmente interditadas. Veja o que funciona na fase vermelha em SP O protesto ocorreu contra as medidas impostas pelo governo estadual para evitar o avanço da pandemia de coronavírus com o fechamento de serviços não essenciais por 14 dias e restrição de circulação entre 20h e 5h a partir deste sábado (6).

OVERVIEW. A Pesquisa Industrial Mensal (PIM) de janeiro é o indicador local do dia, enquanto no exterior as atenções estarão no relatório de empregos (payroll) dos Estados Unidos e em falas da secretária do Tesouro, Janet Yellen, e de dirigentes do Federal Reserve. A votação do pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão pelo Senado dos EUA é esperada até o término da sessão de hoje.

Petrolíferas evitam queda maior das bolsas europeias
A maior parte das bolsas europeias opera em baixa, com os bônus soberanos americanos ainda em alta e as preocupações com a pandemia do coronavírus. Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, contribui para a queda, ao demonstrar não preocupação com inflação em evento do WSJ ontem. Ele deixou claro que o Fed não vai mudar sua super-frouxa política monetária em breve. O mercado aguarda ainda o payroll nos Estados Unidos, que projeta criação de 200 mil vagas, e a taxa de desemprego deve ficar em 6,3% (10h30). Com o avanço do petróleo, após a OPEP+ ter decidido estender seus cortes de produção até abril, as ações da Shell sobem 1,32% e da Total +1,22%, elevando a Bolsa de Londres a +0,21%. Há pouco, a bolsa de Frankfurt caía 0,75% e a da França -0,54%.

 

 

O que vai rolar hoje

➡️ FGV: mercado de trabalho em fevereiro (8h)
➡️ IBGE: Pesquisa Industrial Mensal de janeiro (9h)
➡️ Anfavea: produção de veículos em fevereiro (10h)
➡️ EUA: balança comercial de janeiro deve ter déficit de US$ 67,6 bi
➡️ EUA: payroll projeta criação de 200 mil vagas; taxa de desemprego de ficar em 6,3% (10h30)
➡️ EUA: secretária do Tesouro, Janet Yellen, e conselheiro do BoE, Jonathan Haskel, participam de webinar (11h)
➡️ BC realiza leilão de 16 mil contratos de swap (US$ 800,0 mi) para rolagem dos vencimento em abril (11h30)
➡️ EUA/Fed: Neel Kashkari dá entrevista ao Washington Post (14h)
➡️ EUA: Baker Hughes: poços de petróleo em operação (15h)
➡️ EUA/Fed: Raphael Bostic participa de evento (17h)
➡️ EUA/Fed: crédito ao consumidor em janeiro tem projeção de US$ 12 bi (17h)

Fontes: Broadcast+, Money Times, 6 minutos, UOL, R7, Portal Lubes, ROSA RISCALA e MARIANA CISCATO, Silvana Rocha e Luciana Xavier, Márcia Pinheiro

 

 

Bons Negócios  !! _____________Yochanan Pinchas

Compartilhar:

Be the first to comment

Leave a Reply