MELHORES DO DIA 13/01: COMO OPERAR COM A ALTA DA INFLAÇÃO AMERICANA?

Bom dia investidor !! Bom dia trader !! Hoje temos problemas com o G5 interferindo na aviação, a seca encolhendo a safra, o vírus chines e muito mais, só aqui com o Pinchas!!

IBOV zera perdas do ano, ganha os 105K mas testa região de resistência. Está formando um grande “W” (fundo duplo).

Bolsas operam sem direção de olho no mercado nos EUA, ômicro se espalham pelo mundo e focar em dados de serviços do dia
Com a agenda esvaziada, os investidores de dependentes de dirigentes do Federal Reserve sobre a alta nos interesses e retiradas estímulos

A inflação dos Estados Unidos, divulgada ontem (12), veio em linha com o esperado, apesar de ter registrado a maior alta em quase 40 anos. Mesmo assim, os investidores conseguiram achar espaço para otimismo, o que impulsionou as bolsas pelo mundo.

No pregão da última quarta-feira, o Ibovespa fechou em alta de 1,84%, perto da máxima, aos 105.685 pontos, e apagou as perdas do ano. Agora, o índice acumula alta de 0,82% em 2022. Já o dólar à vista fechou em queda de 0,81%, a R$ 5,5348.

Por outro lado, a inflação levantou a bandeira verde para que o Federal Reserve, o Banco Central americano, acelere os juros ainda em março. Entretanto, os investidores ainda não estão certos se o BC elevará os juros três ou quatro vezes em 2022, o que coloca as frases de representantes do Fed em destaque nesta quinta-feira (13).

O cenário doméstico permanece igual, sem maiores indicadores para o dia além dos dados de serviços de novembro do IBGE.

O foco do dia está nas falas de três representantes do Federal Reserve, em eventos distintos ao longo da tarde. Quaisquer novas informações sobre a alta nos juros, a retirada de estímulos ou direcionamentos do Banco Central americano serão acompanhadas de perto pelos investidores.

Ainda nesta quinta, a inflação ao produtor, medida pelo PPI, e os números de pedidos de auxílio desemprego devem compor o cenário externo.

_______________________________

A Administração Federal de Aviação (FAA) disse que publicará avisos no início da quinta-feira detalhando a extensão do impacto potencial do novo serviço sem fio 5G em eletrônicos sensíveis de aeronaves.

A FAA tem conversado com fabricantes de aviões, companhias aéreas e operadoras sem fio para reduzir o impacto do novo serviço sem fio que deve começar em 19 de janeiro. A FAA alertou que a interferência em potencial pode afetar instrumentos sensíveis do avião, como altímetros.

A AT&T (NYSE:T) e a Verizon Communications (NYSE:VZ), que ganharam quase todo o espectro de banda C em um leilão de US$ 80 bilhões no ano passado, concordaram em 3 de janeiro com zonas de amortecimento em torno de 50 aeroportos para reduzir o risco de interferência. Eles também concordaram em adiar a implantação por duas semanas, evitando um impasse de segurança da aviação.

A FAA disse que publicará o que é conhecido como Avisos para Missões Aéreas à meia-noite de quinta-feira, oferecendo detalhes sobre “aeronaves com altímetros não testados ou que precisam de adaptação ou substituição não poderão realizar pousos de baixa visibilidade onde o 5G estiver implantado”.

Entre os avisos estarão detalhes de como as aproximações por instrumentos nos principais aeroportos são impactadas. A FAA determinou que algumas abordagens guiadas por GPS continuarão sendo possíveis em certos aeroportos como Miami e Phoenix.

A FAA disse na quarta-feira que “espera fornecer atualizações em breve sobre a porcentagem estimada de aeronaves comerciais equipadas com altímetros que podem operar de maneira confiável e precisa no ambiente 5G C-Band”.

A indústria sem fio forneceu dados adicionais de localização do transmissor e a FAA disse que foi capaz de determinar que, na implantação inicial do 5G, as aeronaves poderão pousar com segurança em condições de baixa visibilidade em algumas pistas sem restrições.

A FAA ainda está “trabalhando para determinar quais altímetros de radar serão confiáveis ​​e precisos com a banda C 5G implantada nos Estados Unidos”.

Na sexta-feira, a FAA escolheu 50 aeroportos dos EUA que terão zonas de amortecimento quando as operadoras sem fio ativarem o novo serviço de banda C 5G.

______________________

A estiagem que atinge a região Sul do Brasil vai reduzir a colheita de grãos neste ano. Em pleno desenvolvimento, as lavouras de soja e milho do Paraná e do Rio Grande do Sul são as mais prejudicadas até o momento pela falta de chuvas.

Já é dado como certo que o Brasil vai produzir 6,7 milhões de toneladas de grãos a menos do que o estimado em dezembro do ano passado. Desse total, 6,6 milhões são referentes às perdas registradas apenas nas culturas de soja e milho nos dois Estados do Sul do país.

No Paraná, a maior perda é registrada na primeira safra de milho. A produção de 4,2 milhões de toneladas estimada em dezembro acaba de ser revista para 2,7 milhões de toneladas, um corte de 35,5% em apenas um mês. Na prática, 1,5 milhão de toneladas deixarão de ser colhidas. Para a segunda safra, que ainda será plantada, a previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) permanece exatamente a mesma desde quando os números da safra 2021/22 começaram a ser divulgados, em outubro do ano passado.

No caso da soja, que divide espaço com a primeira safra de milho no Paraná, as perdas são menores em termos percentuais, mas, maiores em termos absolutos. A Conab cortou em 10,9% sua previsão de colheita, reduzindo de 20,7 milhões de toneladas em dezembro para as atuais 18,4 milhões de toneladas.

Já no Rio Grande do Sul, a lavoura de soja, plantada um pouco mais tarde do que no Paraná, ainda não sentiu os efeitos da seca. A expectativa é que sejam colhidas 21,2 milhões de toneladas no ciclo 2021/22, volume quase 1% maior do que o previsto em outubro e 1,2% superior à produção do ano passado.

Contudo, a produção gaúcha de milho já foi duramente afetada. Algumas estimativas indicam que apenas as áreas cultivadas com o suporte da irrigação é que conseguirão ser colhidas. Até dezembro, a Conab projetava uma produção de 5,9 milhões de toneladas, porém, em seu relatório de janeiro, fez um corte superior a 48%, revendo sua expectativa para pouco mais de 3 milhões de toneladas. Com isso, quase 3 milhões de toneladas de milho deixarão de ser colhidas no Rio Grande do Sul.

________________________–

O Campeonato Paulista de Futebol, que começará no dia 23 de janeiro, deverá seguir a determinação do Governo de São Paulo de redução de 30% da capacidade de público. A medida, anunciada durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, foi adotada para shows e eventos esportivos, e visa conter o aumento no número de novos casos de Covid-19, provocados pela variante Ômicron, no estado.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomendou a suspensão definitiva da temporada de navios de cruzeiro no Brasil, como ação necessária à proteção da saúde da população. Documento foi encaminhado ao Ministério da Saúde e à Casa Civil da Presidência da República.

O Ministério da Saúde informou que já restabeleceu os sistemas de informação do órgão, que saíram do ar após um ataque de hacker em dezembro. O incidente gerou a exclusão dos dados de vacinação e óbitos de brasileiros em razão da pandemia de Covid-19. De acordo com o secretário-executivo da pasta, Rodrigo Cruz, o invasor obteve uma credencial de acesso ao banco de dados e, por isso, conseguiu entrar nos sistemas.

Um sargento do Exército que dava aulas de música no CMB (Colégio Militar de Brasília) foi condenado a quatro anos de reclusão e exclusão das Forças Armadas por ter beijado uma aluna de 14 anos, que cursava o 8º ano do ensino fundamental.  A pena foi aplicada pela 1ª Auditoria de Brasília, primeira instância da JMU (Justiça Militar da União). O acusado pode recorrer ao STM (Superior Tribunal Militar).

48.095 novos casos do novo coronavírus foram relatados em Israel (10 MILHÕES DE PESSOAS) na quarta-feira, com 283 pacientes em estado grave, de acordo com uma atualização da manhã de quinta-feira pelo Ministério da Saúde.
Dos infectados, 65 estavam em ventiladores. O número de mortos foi de 8.290.
O Brasil (225 MILHÕES PESSOAS) registrou nesta quarta-feira 87.471 casos de coronavírus confirmados, com o total de confirmados no país avançando para 22.716.931, o Ministério da Saúde.
Bennett é um político assassino, um palhaço que para agradar os árabes não fecha o país. Ele não sabe governar um país!!
Pode ser uma imagem de 2 pessoas e texto
Bons Negócios  !!_____________Yochanan Pinchas
Compartilhar:

Be the first to comment

Leave a Reply