VÍRUS CHINÊS 26/10

Foto: Membros da Sanyukai, uma organização sem fins lucrativos que ajuda os desabrigados no distrito de Sanya, em Tóquio, distribuíram suprimentos para as pessoas que moram às margens do rio Sumida. | ALEX K.T. MARTIN

Brasil registrou na segunda-feira 160 novas mortes por Covid-19, o que elevou o total de vítimas fatais da doença no país a 605.804, informou o Ministério da Saúde.

Também foram contabilizados 5.797 novos casos de coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país avançando para 21.735.560, acrescentou a pasta.

Em termos absolutos, o Brasil é o segundo país com maior número de óbitos pela doença, atrás somente dos Estados Unidos, e o terceiro em contagem de casos, abaixo de EUA Índia.

O país, no entanto, tem registrado redução nos números da pandemia na média das últimas semanas, à medida que avança em sua campanha de vacinação contra a Covid-19.

Japão:

Tóquio confirmou apenas 17 novos casos de COVID-19 na segunda-feira, à medida que as infecções continuam a despencar no Japão. Aqui está um resumo de outras notícias e recursos relacionados à pandemia:

Depois de quase um ano, as restrições a bares e restaurantes foram suspensas na região de Tóquio e Osaka na segunda-feira, enquanto o país busca equilibrar o retorno da economia aos trilhos e a prevenção do ressurgimento de infecções.
Na semana passada, centenas de acadêmicos e estudantes de universidades aqui e no exterior pediram ao Japão que retome a emissão de vistos para estudantes estrangeiros, alertando que a proibição “corroeu as relações globais e a reputação das instituições educacionais japonesas”.

Supõe-se que os subsídios especiais sejam fornecidos ao pessoal médico que cuida de pacientes com COVID-19. Mas em Okinawa, alguns hospitais pagam o dinheiro extra, enquanto outros não, levando algumas enfermeiras a votar com os pés, relata o The Okinawa Times.

Um esforço de grupo envolvendo a contratada Kajima, Hitachi e Kyushu University produziu um sistema que escaneia os dedos das pessoas – ou mais especificamente, suas veias – para verificar seus registros de vacinação.
Quando a redatora colaboradora de JT, Rebecca Saunders, apresentou os sintomas reveladores de COVID-19, não foram as linhas diretas ou hospitais que ajudaram – foi a gentileza de um estranho.

Novos casos COVID-19 de ontem (e da última segunda-feira) em todo o país: 153 (232). Por prefeitura (10 ou mais; negrito indica aumento em relação à semana passada): Osaka 26 (29), Hyogo 19 (9), Tóquio 17 (29). Fonte: NHK

Austrália:

A Austrália do Sul anunciou seu roteiro para sair do bloqueio, a partir de 23 de novembro
Os alunos internacionais voltarão a estudar em Queensland no próximo ano
A cidade de Silverton, no extremo oeste de NSW, foi adicionada à bolha transfronteiriça
O premiê de Victoria recebeu o poder de declarar bloqueio por três meses sob as leis propostas para pandemia
Tênis busca um retorno “o mais próximo possível das condições pré-pandêmicas”

EUA:

A Casa Branca delineou novas regras para viajantes estrangeiros aos Estados Unidos, à medida que as restrições de voo aumentam pela primeira vez desde o início da pandemia em 2020.

O plano de reabrir a fronteira dos Estados Unidos no mês que vem para voos estrangeiros inclui a exigência de que quase todos os visitantes estrangeiros sejam vacinados contra a Covid.

A proibição de viagens nos EUA cresceu para incluir dezenas de países, incluindo o Reino Unido, grande parte da Europa, China e Índia.

A indústria de viagens tem pedido ao presidente dos EUA, Joe Biden, para suspender a proibição.

Originalmente imposta por Donald Trump, a proibição de voos da maioria dos países estrangeiros foi prorrogada quando Biden assumiu o poder em janeiro de 2021.

A regra proíbe a maioria dos visitantes do Brasil, China, África do Sul, Reino Unido, os 26 países Schengen na Europa, Irlanda, Índia e Irã.

A declaração assinada por Biden na segunda-feira diz que as companhias aéreas serão obrigadas a verificar o status de vacinação dos viajantes antes que possam embarcar nos aviões que partem.

“É do interesse dos Estados Unidos afastar-se das restrições por país anteriormente aplicadas durante a pandemia Covid-19 e adotar uma política de viagens aéreas que se baseie principalmente na vacinação para avançar na retomada segura das viagens aéreas internacionais para os Estados Unidos “, diz a proclamação de Biden.

Europa:

Country Cases Deaths Date of data collection
Austria 798130 11011 26/10/2021
Belgium 1328107 25889 25/10/2021
Bulgaria 575306 23316 26/10/2021
Croatia 446005 9060 26/10/2021
Cyprus 123546 570 26/10/2021
Czechia 1735552 30648 26/10/2021
Denmark 377825 2699 26/10/2021
Estonia 183320 1477 25/10/2021
Finland 154888 1150 26/10/2021
France 7127163 117508 26/10/2021
Germany 4472730 95117 25/10/2021
Greece 720295 15682 26/10/2021
Hungary 852214 30611 26/10/2021
Iceland 13142 33 26/10/2021
Ireland 431722 5369 26/10/2021
Italy 4743720 131856 26/10/2021
Latvia 203460 3049 26/10/2021
Liechtenstein 3545 61 26/10/2021
Lithuania 392425 5693 26/10/2021
Luxembourg 80962 842 26/10/2021
Malta 37566 460 26/10/2021
Netherlands 2087859 18320 26/10/2021
Norway 200515 894 26/10/2021
Poland 2975880 76447 26/10/2021
Portugal 1085451 18138 26/10/2021
Romania 1571115 44980 26/10/2021
Slovakia 863583 12917 25/10/2021
Slovenia 322914 5027 26/10/2021
Spain 5002217 87186 25/10/2021
Sweden 1165996 14993 21/10/2021

Bons Negócios  !! _____________Yochanan Pinchas

 

 

Compartilhar:

Be the first to comment

Leave a Reply